Design Gráfico, quando a criatividade é o combustível

O Design Gráfico é a área responsável pela criatividade na comunicação de uma marca. Pode-se dizer que é o combustível que faz crescer e avançar a marca no mercado, traduzindo-se no seu modo de atuação.

 

Mas o que é o Design Gráfico?

É a área que se refere ao ordenamento estético de elementos textuais e visuais das peças gráficas que se destinam à comunicação e ao marketing das marcas. Por outras palavras, é a área onde a criatividade é responsável por toda a imagem da marca.

Assim, o design gráfico é realizado através do uso de imagens, textos e ilustrações de forma a se comunicar um conceito, uma ideia e/ou um produto/serviço. Dessa forma, é um meio para o designer estruturar e desenvolver a comunicação da marca.

 

Mas o que faz um Designer?

Um designer gráfico é o profissional que cria soluções para projetos de comunicação visual que atendam às necessidades do mercado. Estas soluções podem ser impressas e/ou digitais. É por isso responsável pelas seguintes soluções:

  • Identidade corporativa, como a criação do logótipo e a definição das cores, formatos, tamanhos e tipos de letras de forma a haver conformidade estética
  • Economato, como por exemplo cartões de visita, papel de carta, envelopes e capas
  • Materiais de design editorial, como por exemplo brochuras, catálogos e publicações nos meios
  • Materiais de design promocional, como por exemplo outdoors, decoração de interiores, decoração de viaturas, decoração de montras, roll ups, flyers, cartazes, convites, desdobráveis e trípticos
  • Multimédia, como por exemplo vídeos institucionais, vídeos promocionais, stop motion, animações gráficas e spots de vídeo
  • Ilustrações, que são trabalhos desenvolvidos com a finalidade específica de contar uma história ou acontecimento
  • Web Design, como por exemplo o desenvolvimento de websites, landing pages e outros layouts para a web

 

Em suma, este profissional tem de saber lidar com as questões gráficas das cores (escala CMYK, cores RGB e Pantone) e com a produção gráfica (por exemplo, cortes, dobras e tipo de papel), para que o resultado seja o mais real possível e não contenha erros. Para isso, ele tem conhecimentos efetivos de softwares, como Photoshop, Illustrator, Corel, InDesign, Adobe Premiere, After Effects, entre outros, de forma a dar vida à marca e à sua comunicação, no mundo físico e digital.

 

Ver mais sobre Design Gráfico: https://green.pt/design-grafico/

 

Redes sociais: FacebookInstagram e LinkedIn